Curriculum Vitae e Declaração do Artista

Curriculum Vitae

Imke Kreiser tem trabalhado como artista nos meios de instalação, pintura e impressão na Alemanha e Suíça desde 1999.

Membro da la associação de artistas (BBK) Lower Saxony

2019 Formação avançada na Academia Federal Wolfenbüttel sobre o tema do livro e da experiência: a natureza no livro, Odine Lang

2008 a 2015 Chefe da escola de arte e galeria gomale.ch, Cantão de Zurique e Cantão de St. Gallen, Suíça

2014 a 2015 Director koinobion, projecto de arte social, Suíça

2004 a 2006 Desenvolvedor do projecto e colaborador científico do Fórum Zürcher para a exposição Phänomena.

Vencedor dos conceitos artísticos de 2004, concurso da cidade de Brandenburgo, projecto conjunto com Constanze Kreiser sobre o tema da percepção corporal

2002 a 2004 gerente cultural da NÀWÁO Produktion, Zurique, associação para projectos de intercâmbio cultural internacional e consultoria

2004 Colaboração na exposição Autre Monde, Contemporary Photography from Africa, no Kornhausforum, Berna

2002 Colaboração na exposição TRANS-FORMA no Centre d’Art Contemporain em Genebra

2002 Gestão da produção da tournée de teatro KING BAABU na África do Sul e Lesoto, dirigida por Wole Soyinka

2002 Doutoramento em Estética depois de estudar Inglês/ Estudos Românticos/ História da Arte

 

p r o j e c t o s

2020 Participação no projecto de arte La Palabra Del Agua, livro colectivo de artistas digitais, Programa internacional ARTE/AGUA/SOCIEDAD, ideia e coordenação: Mariana Felcman, Buenos Aires, Argentina

2020 Participação no projecto de exposição e intercâmbio Schwarmintelligenz, ideia e coordenação Carsten Borck, Berlim, exposição no Centro d’Arte e Cultura Torchio e Pennello, Albenga, Itália (adiada)

2019 Participação no projecto Postales desde el Limbo, Centro de Solidaridad de Zaragoza, Espanha.

p u b l i c a ç õ e s

Entrevista ao blogue de arte, 2020

TOTEISSEE: A bibliophile artist’s book with original prints, Constanze Kreiser , Imke Kreiser, 2013. 

Laocoon no século XXI ou a neurobiologia da estética. Bochumer Universitätsverlag, 2002, Kommunikationsforschung aktuell, vol. 7, ISBN: 3-934453-85-6.

O Poema 2002, (contribuição para a antologia) Hockenheim: Czernik-Verlag, 2002, ISBN: 3-934960-14-6

A Mentira como Princípio Antropológico e os seus Correlatos em W. H. Auden’s THE AGE OF ANXIETY. Stuttgart: ibidem-Verlag, 1999, ISBN: 3-932602-43-9

Mutabor: estética transexual no POETA de Federico García Lorca PT NUEVA YORK. Stuttgart: ibidem-Verlag, 1999 ISBN: 3-932602-58-7

 

Declaração do Artista:

Durante os meus estudos em linguística estive intensamente envolvido em semiótica e comunicação visual, o que acabou por me levar aos fundamentos neurobiológicos da percepção estética.

Desde então, o meu trabalho tem girado em torno de diferentes sistemas de sinais e do tipo de informação que neles é codificada. O núcleo do meu trabalho é a questão de como é criado o significado: na natureza, na arte, na sociedade.

Os trigémeos são uma tentativa de determinar a menor unidade narrativa de significado através da montagem de três elementos visuais cada um, comparáveis aos trigémeos de base do ADN. As unidades visuais individuais podem ser recombinadas com base em semelhanças e montadas em narrativas sempre novas.

Estou interessado em analogias de objectos, estruturas e processos que representam relações de poder: Domínio, coexistência, deslocamento.

Movo-me nos meios da pintura, fotografia, gravura e livros de artista e normalmente trabalho em grupos heterogéneos de obras, muitas vezes envolvendo mais do que um meio. O ponto de partida de uma questão formal ou temática específica determina o meio com o qual começo.

Na procura de padrões, gosto de trabalhar com técnicas de impressão a fim de investigar a interacção de elementos e materiais individuais. Por outro lado, para libertar detalhes de contextos familiares, prefiro a precisão da fotografia digital. O livro do artista é o mais complexo de todos os meios e, portanto, particularmente adequado ao trabalho conceptual, uma vez que permite que o significado seja codificado simultaneamente em diferentes níveis e de formas muito diferentes.

 macos/deepLFree.translatedWithDeepL.text